domingo, 20 de janeiro de 2013

A Culpa É Das Estrelas, John Green





Hazel Grace é uma garota com seus 16 ou 17 anos que desde muito jovem já luta contra o câncer, e este já está em fase terminal. Filha única, Hazel mora com seus pais em uma bela casa em Indianápolis, sua mãe deixou de trabalhar para viver inteiramente a dispor de sua filha e seu pai trabalha duro para sustentá-las e custear o tratamento da filha.

Em um dia, Hazel é obrigada a ir ao Grupo de Apoio para pessoas que sofrem ou já sofreram com o câncer e dar o seu depoimento de vida. Em uma de suas idas ao grupo de apoio Hazel encontra Augustus Waters, um garoto bonito que já sofreu com o câncer e que hoje possui uma perna de mentirasubstituindo a que foi retirada por causa da doença.

 Após o encontro com Augustus ou Gus (apelido dado carinhosamente por Hazel) a vida da garota muda completamente e assim começa o desenrolar da estória. Durante a sua narrativa, A Culpa É Das Estrelas nos apresenta um misto de sentimentos que Green expõe em cada linha, frase e capítulo. Com doçura, melancolia e diversão, conhecemos a história de Hazel e tudo o que acontece a sua volta.

A narrativa é feita sob primeira pessoa, sendo assim Hazel. Mesmo que quem esteja narrando seja a Hazel, não temos apenas relatos de sua vida, mas sim da vida de Augustus, e de sua família, sendo todas relatadas por ela.

Creio que este livro possuiu e ainda possui uma divulgação muito bem feita o que fez nós leitores criarem uma grande expectativa sobre tal, mas, este não foi um livro que eu me apaixonei... Ele possui como vocês podem ver nos comentários na capa, na opinião do Markus Zusak, autor do livro A Menina Que Roubava Livros e agora refeito por mim: “você vai rir,” sim! “Você vai chorar,” bem eu não chorei, mas fiquei tocada com a estória. “Você vai querer mais,” sim quero mais da narrativa do Green.Eu chorei eu ri muito....

A Culpa É Das Estrelas foi algo significativo ele nos faz parar e pensar nossa vida e no que fazemos. Deste modo, logo após a leitura passemos a dar valor ao que temos e deixemos de reclamar de tudo o que acontece a nossa volta, Gus e Hazel podem até ser um casal de mais um livro que se tornoureconhecido mundialmente. Mas eles são a representação de vários casais que passam por situações angustiantes e que mesmo tendo suas limitações não deixam de viver! Eles nos mostram o verdadeiro valor de um amor e da grande amizade que existe entre pessoas que mesmo com dificuldades nunca deixam de estar juntas.

Um comentário:

Luana Capucho disse...

Parece muito legal, vou procurar mais sobre!

Beijos e boa semana

http://quesejapink.blogspot.com.br/